Como destravar o inglês?

Hello, hello! 

A conversa de hoje é com você que sente dificuldade e insegurança em falar inglês

Bom, uma coisa é certa: sair da nossa zona de conforto, obviamente, é sempre muito desconfortável. E com isso vem outros sentimentos como, medo, insegurança, frustração, ansiedade…

Isso faz com que a gente, inconscientemente, crie bloqueios para seguir em frente, tornando um dos grandes motivos das pessoas ficarem travadas para aprender e desenvolver sua fala no inglês.

Às vezes, essas mesmas pessoas até têm facilidade em aprender, mas na hora de falar simplesmente travam!

Se você passa ou já passou por isso, eu estou aqui para te tranquilizar e te mostrar como destravar o inglês.

Sentir-se assim é NORMAL, ainda mais quando estamos acostumados a usar métodos de ensino super complexos, como os usados nas escolas tradicionais. 

A boa notícia é que existe uma solução mais simples e eficiente que, aos poucos, vai finalmente destravar o inglês. 

Vamos lá, quando aprendemos nossa língua materna, nós aprendemos escutando, associando palavras ao contexto e repetindo, certo?! 

Então, por que as escolas tradicionais insistem em ensinar um novo idioma a partir da gramática? 🤔

Sinceramente, eu não tenho a resposta. Mas com certeza, este não é o melhor caminho.

Agora, pensa comigo… 

Quando aprendemos inglês da mesma forma que aprendemos o português, estamos fazendo algo que já sabemos e estamos acostumados. Ou seja, é o processo NATURAL para aquisição de um novo conhecimento.

Por isso, a maneira mais eficaz para DESTRAVAR o inglês ou qualquer outro idioma, definitivamente, é acostumar o nosso cérebro à nova língua. E não decorando regras gramaticais. 

Ok, mas como fazer isso? Como acostumar o cérebro e destravar o inglês?

Em resumo, a resposta seria essa: ouvir e prestar atenção no idioma. 

Vou explicar: quando você assiste filmes, séries ou ouve músicas em inglês – e presta atenção no que está sendo dito – ainda que não entenda nada, você não só está acostumando o seu ouvido ao idioma, como também está educando-o a associar o que está sendo falado àquele contexto vivido. 

Este é o tipo de exercício de assimilação. E quanto mais repetimos esse exercício, mais eficaz o resultado.

Já aconteceu de você ver um filme e se identificar com a cena ou até mesmo, se compadecer com a situação do personagem? Não é à toa que isso acontece. O seu cérebro entende que essa é uma situação real vivida por você e, por isso, tantos sentimentos são envolvidos (raiva, alegria, tristeza, angústia). 😅

É assim que, naturalmente, você vai percebendo a facilidade em entender o idioma sem precisar ficar fazendo tradução simultânea na cabeça.

É importante que você repita as frases em inglês em voz alta. Converse com você mesmo, caso sinta insegurança ou vergonha de treinar/conversar com alguém. 

É importante falar em voz alta! Acostume-se a ouvir você mesmo em inglês.

Aproveite e cante as músicas beeem alto, junto com o cantor, intérprete, se divirta! Afinal, quem canta (em inglês), os males espanta! E ainda aperfeiçoa sua pronúncia.

Sair da zona de conforto, assim como aprender inglês, deve ser feito com motivação, força de vontade e, mais que tudo, consistência.

E se você fizer isso seguindo um método que facilite os 3 pontos acima, melhor ainda.

Se quiser aprender inglês com o Método 3A, onde você estuda somente vendo filmes e séries, >> CLIQUE AQUI <<

Não tenha medo de errar. O que importa é não desistir de destravar o inglês!

Don’t give up! Let’s do it.

Comentários

You May Also Like

GO OVER OU GO OUT?

6 erros cometidos pelos alunos

FRASES EM INGLÊS PARA USAR DURANTE AS FÉRIAS

FRASES EM INGLÊS PARA AGRADECER UM CONVIDADO